6. Nossos primeiros dias em Ottawa

by 12:49 PM 4 comments

Nós chegamos ao Aeroporto Macdonald-Cartier num domingo, por volta do meio-dia. Desembarcamos com nossas malas e, graças às dicas da nossa amiga (praticamente nosso anjo da guarda) Winn e de algumas pessoas da comunidade de brasileiros em Ottawa no Facebook, sabíamos o que fazer para chegar no apartamento temporário que reservamos no Airbnb: solicitar um táxi-van na cooperativa que atua no aeroporto.

Tratei de fazer essa solicitação e apareceu um motorista somaliano com uma van bem grande que pôde nos levar com toda a bagagem para o apartamento. Ele fica num prédio muito novo e muito bem localizado e possui na garagem um storage locker, que aproveitamos muito bem! E graças ao trabalho muito bem realizado pelos seus proprietários, que possuem uma empresa especializada em alugar imóveis temporários na cidade, ficamos muito bem acomodados! No pequeno studio há todas os eletrodomésticos de cozinha, cama com todos os lençóis, banheiro equipado e abastecido, TV a cabo com muitos canais e uma conexão à internet de 175 Mbps... rápida como eu nunca vi!

Além disso tudo a proprietária Valerie e seu braço direito Mckenzi deixaram um mimo para nós: um pacote com deliciosos cookies!

E desde o primeiro dia, já sabendo que a previsão do tempo é a melhor amiga dos residentes de Ottawa, percebemos o quão instável é o clima da cidade. Como sempre a visitamos no verão, não tínhamos ideia dessa instabilidade. Fomos recebidos por um clima ameno, cerca de 18 graus, mas a perspectiva para os próximos dias seria de muito frio. A Thaisa não tinha roupas para um clima tão frio e precisamos correr para o shopping para comprar pelo menos uma muda para ela. E aí descobrimos algumas realidades do comércio canadense...

- Tudo no Canadá pode ser muito mais barato do que no Brasil. Basta que você saiba o que fazer e para onde ir;

- Não há nada como uma boa liquidação ou boas promoções... mas o problema é que elas acontecem o ano todo, sem parar!

Também tratamos de comprar nossos novos celulares. Infelizmente, as lojas fecham cedo nos finais de semana (às 18 horas nos sábados e às 17 horas nos domingos) e precisamos deixar algumas coisas para os próximos dias.

Fizemos nossa primeira refeição num restaurante de que gostamos muito na região do Byward Market, que serve um maravilhoso prato com um bife de sirloin, salada e batatas fritas por 14 dólares e tratamos de ir para o apartamento descansar, pois estávamos precisando!

No segundo dia, as temperaturas de fato caíram muito e a sensação térmica chegou a bem abaixo de zero! E lá fomos nós fuçando o comércio local em busca de roupas e de tudo que iríamos precisar neste começo de vida. Pela nossa exaustão, deixamos boa parte das malas do Brasil intocadas (como até agora estão) e acabamos usando as roupas e calçados que compramos agora. Ativamos nossos planos de celular na Wind Mobile e mais tarde acertamos os detalhes finais da locação do apartamento definitivo. Esse processo (que foi iniciado quando ainda estávamos no Brasil) nos surpreendeu muito, tanto pela facilidade quanto pela amabilidade dos corretores Smaya e Mustafá, que acabaram nos contemplando com um apartamento mobiliado por preço de não-mobiliado! Isso nos proporcionou uma boa economia com móveis... recebemos cama, sofá, smart tv, utensílios de cozinha, escrivaninha, cômoda... tudo novinho, produtos da IKEA!

(Faremos vídeos e postagens específicas sobre celular e locação do primeiro apartamento definitivo em breve)

Esse presente me trouxe as primeiras lágrimas de emoção ao ver como as pessoas aqui são boazinhas perto dos brasileiros... São pessoas de coração mais puro, que presumem que você é do bem até prova em contrário e portanto não se fecham nem agem tanto na defensiva diante de você! A sensação de acolhimento que experimentamos aqui me comove e me faz chorar às vezes... mas enfim... com isso, pude me presentear com um ótimo computador... eu estava precisando, pois meu notebook de 5 anos de idade está morrendo aos poucos. Ele ainda pode ser utilizado, tanto que estou fazendo esse post com ele, mas a placa gráfica tem alguns problemas intermitentes, decorrentes da soldagem, que travam o computador sempre que rodo algo com Flash na internet... e que não têm conserto.

No dia seguinte, fomos ao Service Canada/Service Ontario que fica na Prefeitura de Ottawa para tentar fazer nosso SIN Card e nossa inscrição no plano de saúde provincial. Não conseguimos nos inscrever no healthcare, porque nosso contrato de locação só começaria em 1o de maio e só seríamos oficialmente residentes em Ontario a partir dessa data, mas obtivemos nossos CPF canadenses sem qualquer problema. A funcionária que me atendeu, de nome Jane, foi extremamente simpática comigo a ponto de me deixar sem graça...

(Em breve postagens e vídeos sobre a inscrição para o SIN Card e o healthcare também)

De resto, nossa primeira semana se resumiu a fazer compras - inclusive compramos roupas de inverno de segunda mão com 50% de desconto num thrift store do Exército da Salvação - quer jaquetas e agasalhos bons a menos de 10 dólares? Lá tem! - e explorar a vizinhança, além de finalmente conhecer ao vivo nosso anjo da guarda Winn.

E foi assim a nossa primeira semana! Este é o Vida Que Segue, e você segue com a gente!

Vida Que Segue - Canada

Developer

Gratidão por sua visita! aqui você sempre será muito benvindo(a)!

4 comments:

  1. Caros amigos
    Adorei o relato. Vou arrumar tempo para ler tudinho, do começo ao fim. Parabéns pela coragem, tenho certeza que estão vivendo o período mais excitante de suas vidas.
    Boa sorte e venham visitar logo!
    Talvez ano que vem faremos uma visita quando vocês etiverem melhor instalados. Adoraria conhecer o Canadá!
    Abs

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi, Renato, ficamos muito felizes com sua visita. Você é nossa inspiração... foi através do seu blog que o sonho de ir embora do Brasil começou a germinar. E para mim, principalmente, você é mais do que inspiração: é a prova viva de que recomeçar nesta altura da vida, em outro país, é válido e possível. Sempre que vem a insegurança, preciso me lembrar de você. Então só temos a agradecer... assim que pudermos iremos a Orlando visitar você... acho que é neste ano ainda. E vocês podem vir quando quiserem... serão muito benvindos!
      Um forte abraço pra vocês todos daí!

      Delete
  2. Ah! Qual o link do grupo no facebook? Busquei la mas so apareceu um perfil esquisito como "brasileiros no canadá"; nem era grupo nem nada, rsrs

    ReplyDelete
  3. O nosso: https://www.facebook.com/vidaqueseguecanada?ref=hl

    ReplyDelete