Por que sou fã de Najlla

by 9:00 AM 0 comments

Quando vi o vídeo acima no canal Cidadão do Mundo (que considero um dos mais próximos ao que o Vida Que Segue foi), fiquei literalmente boquiaberto. Porque pela primeira vez uma cônjuge de aplicante principal em processo de imigração vinha falar sobre algo que faz parte da nossa realidade com muita força, mas que não comentamos... Talvez por não querer expor essas coisas em público, ou por não querer dar munição aos críticos, haters e invejosos de plantão que só vão piorar as coisas...

Mas como eu já tinha comentado no post "O que ninguém fala sobre imigrar em casal", os cônjuges dos aplicantes principais nos processos de imigração - que muitas vezes apenas compraram o sonho do outro - enfrentam enormes desafios e dificuldades para se adaptar por aqui. Precisam navegar em território desconhecido, cercados por pessoas desconhecidas e por idiomas estranhos. 

E se for no Québec as dificuldades são ainda maiores. A província é declaradamente mais hostil com quem não possui uma identidade "quebecois" e não fala aquele complexo dialeto de francês.

Em vez de encarar sua batalha em privado, Najlla preferiu mostrá-la. Com muita dignidade. Com o único intuito de ajudar outras pessoas que pretendem vir.

Que coragem tem essa mulher! 

No vídeo abaixo, podemos testemunhar sua dificuldade para se comunicar com um médico (que fala em inglês com ela, ALELUIA). Isso acontece rotineiramente em vários lares, mas quase ninguém conta. Afinal de contas, o que se espera de nós imigrantes é: êxtase, ostentação - casa, carro, eletrônicos -, sucesso profissional, material e financeiro...

Najlla é uma mulher real. Não vende um ideal de sonho, beleza e luxúria como tantas outras que fizeram fama pelo YouTube. Não aparece exibindo troféus de consumo. Não está numa posição superior ao falar conosco. Está no mesmo plano. Mais humana com suas dificuldades, impossível. 

Precisamos de mais Najlla e mais Najllas neste mundo.

Espero que o casal cidadão do mundo continue firme com seus vídeos e postagens. Porque não é fácil. Você toma muita porrada - literalmente... por parte de pessoas que estão fisicamente perto de você e que você trata como "amigos", mesmo que sejam apenas colegas de imigração - e isso às vezes acaba sobrando para quem está ao seu lado, brigando contra a solidão e enfrentando batalhas como a de Najlla.


Vida Que Segue - Canada

Developer

Gratidão por sua visita! aqui você sempre será muito benvindo(a)!

0 comments:

Post a Comment