Acho que já passou dos limites

by 5:15 AM 0 comments
Eu vim para o Canadá já como residente permanente após um processo de imigração que durou quase três anos, da decisão de ir embora do Brasil até a nossa chegada. Não foi fácil, embora as coisas tenham sido bastante amortecidas pelo fato de que quase toda a experiência que serviu para que me aceitassem e escolhessem tivesse sido acumulada sem intenção de vir para cá.

Mas não foi fácil.

Por saber bem tudo que passei e precisei fazer na vida para chegar até aqui me sinto bastante preocupado e chateado vendo essa onda louca de brasileiros querendo vir ou vir para cá de qualquer jeito...

Antes que o mundo despeje todo o seu ódio para cima de mim: não é que eu seja contra as pessoas que vêm pela via dos colleges.  Se não há porta aberta ou brechas, ninguém entra. Sou contra a falta de critérios da imigração canadense, que eventualmente permite que uma pessoa receba um visto de estudante sem demonstrar que esse estudo trará qualquer benefício direto à sua vida além de uma incerta possibilidade de residência permanente no futuro.

Ou seja: as pessoas que vêm estudar somente como um pretexto para imigrar. O curso não significa absolutamente nada para elas. Não pretendem aproveitar a oportunidade para conquistar uma nova carreira ou aprimorar-se em algo. Muitas vezes, nem estudam de fato. Ficam aproveitando brechas que surgem aqui e ali para ficar fingindo que estudam inglês ou algo do tipo... mas vêm mesmo loucos para trabalhar de cara. Sem falar que trazem a família inteira. Comportam-se como possuidores de um visto de imigrante e sentem-se certos de que ficarão aqui por toda a vida.

Se os oficiais de imigração vissem as páginas no Facebook... participassem de grupos de imigrantes brasileiros... etc... saberiam exatamente quais são as intenções dessas pessoas. Tenho ouvido cada história... fico sabendo de cada coisa... Nem preciso que outras pessoas me contem. Muitas vêm direto me deixando mensagens inbox ou e-mails... que hoje em dia nem me dou mais o trabalho de responder.

Quando eu vim, as coisas não estavam desse jeito. Mas ozmano e sei lá quem mais fizeram tanto auê que as hordas começaram a chegar.

Essas pessoas vêm para cá e às vezes comportam-se como se já tivessem a residência permanente garantida. Sentem-se canadenses e nem concebem a possibilidade de ter que dar meia-volta. E vêm dispostos a competir com quem precisou se esforçar de verdade para estar aqui com tudo certo, aproveitando-se da estupidez local que resultou na "barreira da experiência canadense". Contam com a boa vontade e a bondade dos donos da casa, que nem sempre percebem que estão contribuindo para uma situação meio irregular em seu sistema de imigração e podem estar dando um tiro no pé.

Os canadenses não percebem que o Brasil chegou ao fundo do poço por culpa única e exclusiva dos brasileiros, de seus valores, de suas atitudes e de sua cultura. E que essas pessoas às vezes não estão nada dispostas ou preparadas para mudar vivendo aqui. Querem os benefícios de viver no exterior mas nem sempre querem contribuir para construir e melhorar o que há por aqui.

Querem criar uma Miami gelada, seja na costa do Pacífico, seja na bela província... e até mesmo na isolada pradaria. Querem realizar seu sonho canadense, que em muitos aspectos simplesmente tem feições materiais. Esses brasileiros, fazendo o que fazem, perigam contaminar o Canadá. Depois, que os canadenses não chorem nem reclamem se começarmos a ter problemas.

Antigamente, quando não estava na moda imigrar para o Canadá, quem vinha geralmente era muito bem qualificado. Enfrentava o processo de imigração e consequentemente estava mais preparado para se integrar. Hoje, basta ter dinheiro para pagar um curso. Mas a intenção não é estudar e voltar para o Brasil. É ficar de vez.

Estão chegando - e tentando ficar - sem terem sido escolhidos. De uma certa forma, a sensação que fica é a de que essas pessoas estão furando a fila. Ou são penetras numa festa para a qual não foram convidadas.

Seriam elas "os melhores" que o Canadá, no discurso, busca?

Dizem que o CIC está abrindo os olhos e aumentando as negativas de vistos, mas talvez já seja tarde demais.

Vida Que Segue - Canada

Developer

Gratidão por sua visita! aqui você sempre será muito benvindo(a)!

0 comments:

Post a Comment