Uma missão mais do que cumprida

by 4:15 AM 0 comments
Nunca tive tanta paz vivendo no Canadá como agora. O tempo passa e as pessoas estão se esquecendo do meu canal no YouTube (que está inativo há nove meses) e do projeto Canadá Self-Employed. Não me fazem mais perguntas sobre imigração, graças a Deus! Não me mandam mais tantos e-mails. Não me reconhecem na rua.

Não é que eu não gostasse quando isso acontecia, mas o outro lado da moeda - brigas - nunca me fez bem. Como os brasileiros brigam e batem de frente!!! Pensei nisso um dia desses quando um canadense chegou no Facebook dizendo que precisava se mudar e pedindo sugestões. Eu sugeri o bairro onde moro, que ele conhece muito bem, e ele respondeu muito educadamente. De repente até não gosta da região e jamais pensaria em morar aqui, mas nunca sairia dizendo isso na minha cara. Muitos brasileiros fazem isso.

Tenho acompanhado de longe o fim de canais interessantes no YouTube. Mandy e Mais acabou. Mais ao Norte acabou. E por quê? Porque não há um retorno que valha a pena o esforço para fazer vídeos e o tempo investido. O sonho da monetização e das parcerias ficou para trás. Os que ainda continuam geralmente estão há mais tempo no negócio, e por isso já tinham parcerias e já monetizavam quando o YouTube se tornou um oba-oba repleto de "mais do mesmo".

Fico imaginando a quantidade de e-mails, mensagens inbox e perguntas em geral que essas pessoas recebiam. E o tempo que poderia lhes ser tomado se respondessem. Sem falar que ali ninguém era consultor de imigração, ao contrário das meninas de moda e maquiagem que se profissionalizam na indústria da moda com muito mais facilidade.

Outra coisa que me fez bem foi ter saído de quase todos os grupos e comunidades de imigrantes brasileiros onde estava no Facebook. Algumas pessoas ficaram um pouco chateadas quando falei abertamente dessa decisão, mas entenderam quando expliquei. Estou cansado de brigas e ataques, principalmente quando venho tentar ajudar e expor minhas opiniões e soluções pessoais. E aprendi que com brasileiros, não adianta muito querer ajudar e dar opiniões. As pessoas, salvo umas poucas exceções, virão de cabeça feita e farão o que quiserem fazer. Se você disser o que elas querem ouvir ficarão felizes, mas se disser o que elas não querem ouvir poderão ficar com raiva e brigar com você. Melhor então deixá-las ter suas experiências, resolver seus problemas sozinhas e seguir a vida. 

Depois que entendi isso, estou tentando cuidar mais da minha própria vida em silêncio. E quer saber? Melhor assim. Sei que ajudei muitas pessoas e é sempre bom receber alguma demonstração de gratidão. Vou continuar, mas não ostensivamente. E o blog não vai acabar, até porque ele me protege e preserva bem mais do que o canal. E não toma tanto meu tempo. Enfim, estou muito seletivo e agora ajudo quem eu quiser, da forma como puder. A grande missão está mais do que cumprida.

Vida Que Segue - Canada

Developer

Gratidão por sua visita! aqui você sempre será muito benvindo(a)!

0 comments:

Post a Comment