Vir para buscar uma nova carreira porque "tem empregos e paga bem"? Melhor pensar duas vezes

by 11:12 AM 0 comments


Já vi por aqui umas pessoas que vieram para cá fazer College, buscando uma nova carreira onde não tinham nenhuma experiência. Mas, motivadas por algum interesse pessoal e principalmente por relatos de imigrantes que atuam nessa carreira e foram bem-sucedidos por aqui, vieram.

Um exemplo? Tecnologia da Informação. O famoso TI. Escuto todos os dias que "chovem vagas". Que "é fácil arranjar emprego".

Mas não acho que seja bem assim. É preciso colocar as coisas em perspectiva e contextualizar tudo direitinho.

Até 2014, boa parte das pessoas que obtinha residência permanente e imigrava para o Canadá vinha por meio de uma categoria chamada Federal Skilled Worker. Onde havia um número limitado de vagas e profissões contempladas. O nível de exigência era alto e a competição por uma vaguinha no Canadá era feroz. Dessa forma, vinha apenas uma elite de profissionais. E praticamente só eles, pois não estava na moda vir para cá. Como sempre havia vagas abertas em TI, um número significativo de profissionais brasileiros dessa área imigrou para o Canadá nesse período.

Mas quer saber quem eram essas pessoas? Muito provavelmente eram aqueles que "comiam computador" desde muito novinhos... Que fizeram graduações e pós-graduações na área com honras. Talvez no exterior e, se no Brasil, pode acreditar que foi numa USP, UNICAMP, UFMG...  É verdade... talvez aquele pessoal que não era muito popular na escola e na faculdade lá pelos anos 90 e 2000... que em vez de ficar jogando futebol ou caindo nas baladas estava programando... riu por último. Veio para o Canadá. E como era bom de serviço, não ficou muito tempo sem emprego.

Aí quando vir para o Canadá tornou-se moda, coincidindo com o "fim do sonho brasileiro", quem eram as referências? Eles! Que talvez fizessem blogs e vídeos apenas para manter algum contato com familiares e amigos ou ajudar um punhado de pessoas, e de repente começaram a receber gente estranha (e talvez aflita e desesperada) buscando informações sobre o Canadá...

Quando o "sonho canadense" dos marqueteiros (que passava por fazer um College por aqui... lembrando que os Colleges pagam comissão a esses marqueteiros de imigração) popularizou-se, o que muitos fizeram? Correram para os cursos de programação, redes ou qualquer outra coisa relacionada a TI. Que experiência tinham nessa área? Pouca ou nenhuma. Que interesse prévio haviam manifestado por isso? Pouco ou nenhum. Então por que engradados de água estavam fazendo aqueles cursos?

Porque tinham a ilusão do emprego fácil e rápido, com alta remuneração e residência permanente fácil.

E é aí que seu planejamento mostrou-se completamente equivocado. Aqueles pioneiros tinham planejado tudo certinho. Mas você não faz ideia do que precisaram fazer ao longo da vida para chegar até aqui. Enquanto você simplesmente quer comprar uma passagem, fazer as trouxas e vir para cá acreditando que é para sempre... Saiba que o sucesso dessas pessoas foi construído aos poucos e com muito suor!

Pode até haver uma grande quantidade de empregos em certas áreas por aqui. Mas há também muita competição envolvendo profissionais de excelente nível, que já têm familiaridade com a carreira há um bom tempo. Por isso, a não ser que você tenha um interesse sincero e legítimo naquela determinada carreira e tenha visto na vinda para cá uma oportunidade para abraçá-la - o que envolve muito trabalho duro e estudo, pode acreditar! - deixe essa ideia pra lá. Mesmo que sua carreira original pareça não ter tantas vagas e perspectivas de boa remuneração, é com ela que você vai. 

É esse o caminho. Que a cada dia que passa promete ser mais árduo porque a competição está mais dura. Vem fazer College? Saiba que vai ser difícil, caro e arriscado.

"Espera aí, Alexei. Mas você não é músico? Agora formou-se em Interactive Media Design e já arrumou emprego nessa área antes mesmo de receber seu diploma!"

Então... eu procurei IMD porque essa carreira tinha alguma coisinha a ver com meu trabalho como músico e produtor de áudio e música. E com atividades que eu fazia por hobby e para complementar minhas atividades como músico. Eu gostava de desenhar capas de discos, fazer websites para mim mesmo, editar fotos e mexer com vídeo. Não tinha técnica nenhuma e ia na intuição. Fiz isso um bocado. Então fui me qualificar nessa área porque sabia que teria uma melhor empregabilidade por ali e não estava começando do zero absoluto.

Sem falar que já cheguei como residente permanente, e por isso paguei tuition fees de estudante canadense. Até o coordenador do meu curso se confundia e pensava que eu era estudante internacional. Mas nunca fui!

Eu dei sorte, também. Quem me contratou levou em conta meu currículo passado e se dispôs a investir em mim. Posso ter cara e jeito de "leite com pera", para o que (admito) contribuí um pouco até por ingenuidade... mas saiba que eu ralei bastante e ainda dou muita cabeçada por aí!!! Mas até no momento mais difícil por que passei, a busca pelo estágio remunerado, dei sorte. Demorei mas fui chamado aos 46 minutos do segundo tempo por uma ONG onde fui muito feliz e onde fui apresentado a esse segmento onde há muitas vagas em Ottawa...

Mas não foi fácil não, certo? E não é fácil!

Por tudo isso, reflita bem antes de tomar a decisão de vir para cá. Jogue no lixo a ideia de um país de sonho onde tudo é fácil. Pelo contrário, prepare-se para uma competição das mais árduas, contra gente bem preparada. Muitas vezes cuja formação é toda daqui e que conhece muito bem a cultura e a língua locais. Uma competição inclusive contra si mesmo... contra os seus valores culturais, contra o seu ritmo de vida e trabalho... No meu caso, preciso lutar até mesmo contra o peso da minha idade. Aos 44 anos, eu estava competindo com gente de 22, 24... Sem falar nas dificuldades que precisei passar no College, onde muitas vezes não consegui me fazer entender e onde muitos não me entenderam sem que eu precisasse fazer nada...

Se pareço ser "destruidor de sonhos" e tenho um nariz meio torcido para a ideia de imigrar em definitivo através do College, é exatamente porque me preocupo com você que está sonhando - muitas vezes insuflado por marqueteiros inescrupulosos - e se desconectando da realidade! Saiba que eu quero sim que você venha e que fique por aqui, mas que venha passo a passo sempre com os pés no chão! 






Vida Que Segue - Canada

Developer

Gratidão por sua visita! aqui você sempre será muito benvindo(a)!

0 comments:

Post a Comment